5 COISAS A MUDAR EM 2020

#1 ESTAR MAIS ATIVA NO PODCAST \\ Uma das razões que me demove, realmente, de gravar mais é não aproveitar os momentos em que estou sozinha em casa para o fazer. Não gosto muito de o colocar em prática com pessoas em casa, por me sentir desconfortável ao libertar a voz e as ideias, mesmo que já tenha uns quantos rascunhos no telemóvel. Editar os áudios é outro fator que me impede de me dedicar mais ao CONGRESSO, embora goste da sensação de missão cumprida, de todas as vezes em que termino o processo de gravação/edição. O podcast é um projeto que levarei a cabo com mais seriedade ao longo de 2020, apesar de ainda não o parecer. Já tenho as ideias, a vontade e parte dos materiais. Bastar-me-á, apenas, reeducar as energias no que toca a este projeto!

#2 SER MENOS DURA COMIGO MESMA NO QUE TOCA AO BLOGUE \\ A máxima de sempre, pese embora a tranquilidade que passou a conviver comigo, no que toca a este cantinho. Aprendi de que não temos de criar todos os dias, mesmo que seja essa a nossa vontade. Há momentos para tudo e eu gosto de priorizar outras atividades e que me beneficiam na hora de produzir seja o que for. Quero, cada vez mais, reinventar o tipo de conteúdo acerca do qual escrevo e o modo como o apresento ao mundo; limpar o que já não condiz comigo e por aí vai. Já faz parte da rotina pensar no IMPERIUM como uma espécie de trabalho e, não obstante toda a desconstrução de ideias em volta dele, sei que quando tornar fixas as ideias que estão a fermentar, tudo se modificará para mim!

#3 VOLTAR A PEQUENOS HÁBITOS QUE ME AJUDAVAM A TER AS COISAS FEITAS \\ Escrever ficção à mão é uma delas. Na altura em que me dedicava às fanfictions, eu levava a cabo toda uma conduta de organização, antes de lançar os capítulos ao ar. De caderno ao colo e uma caneta na mão, eu não usava filtros nem tão pouco desculpas, dando aso às ideias e criando histórias que, até hoje, conservo comigo. Para além da ficção, também o costumava fazer com o blogue, o que me auxiliava a não deixar acumular temas e que, consequentemente, fazia com que fosse ainda mais ativa pela blogosfera – acima de tudo, há que respeitar todos os nossos outros processos de evolução! -. Outros pequenos hábitos consistiam em utilizar aplicações de exercício físico – às quais já regressei, com muita felicidade minha! -, de organização e aprendizado! Ler antes de dormir vence em alguns momentos, mas noutros, acabo por priorizar o telemóvel, infelizmente! O que me leva ao penúltimo ponto desta lista…

PH: @MILLESPHOTOS

#4 UTILIZAR MENOS O TELEMÓVEL \\ Não necessito de analisar o tempo em que fico nele, pois, tenho plena noção de que o uso em demasia, muitas das vezes, sem necessidade alguma. Nem desconfio de quando é que se tornou num vício autêntico, mas tenho feito por combatê-lo, aos poucos, de modo a que a minha mente se vá habituando e não mande sinais de alerta a ela mesma, intensificando o vício. Ademais, sinto-me deveras inspirada pelos meus amigos e que são completamente desconectados do telemóvel, o que já me levou à conclusão de que talvez muita da nossa indignação acerca do tempo que nos levam a contactar é resultado do nosso vício e não propriamente da despreocupação deles em relação a nós. Os nossos verdadeiros amigos arranjam sempre modo de estar e conversar connosco, não importa se falamos a toda a hora. Antes dos telemóveis, as conexões existiam, logo, porque raio nos tornarmos tão dependentes de um detalhe que apenas nos destrói?

#5 DEDICAR-ME COM MAIS AFINCO ÀS ATIVIDADES QUE ME ELEVAM O ASTRAL \\ Recentemente, voltei a pintar. Apesar de nunca ter sido uma atividade por aí além, é a ela à qual recorro sempre que tenho as energias a transbordar. No final, sinto-me sempre mais leve. Até hoje, já li cerca de seis livros e estou a caminho dos oito – dominar a arte de ler dois livros em simultâneo tem disto, eheh -. Já vi uns quantos filmes e séries do meu interesse, deambulei por alguns blogues, tornei a fotografar e a conhecer lugares novos. Quero fazer uma outra grande limpeza no meu quarto, livrar-me do que já não interessa e criar espaço mental como consequência.

Dançar já faz parte da rotina, meditar é um autêntico must e observar as minhas plantas recolhe de mim uma paz de espírito enorme! Para além destes pontos, existem tantos outros que, com o tempo, se têm vindo a destacar como sendo detalhes que me acalmam a alma e a alimentam. 1 tem sido essencial para descortinar onde e como é que me imagino no futuro, longe das impressões dos demais. E tem sido incrível perceber que aquilo que me faz feliz é meio caminho andado para criar uma vida estável e longe de atritos mentais e emocionais! Poderão ser coisas simples mas que, para mim, equivalem ao universo como um todo e é exatamente nisso que eu quero dispensar as minhas energias!

Quanto a vocês, contem-me: que 5 coisas querem mudar em 2020? ♥

One thought on “5 COISAS A MUDAR EM 2020

Deixar uma resposta