BOX-OFFICE \\ “KNIVES OUT” (2019)

Para aqueles que conhecem as obras de Agatha Christie, não lhes é de estranhar todos os atributos que caracterizam as suas obras: um detetive super inteligente e criativo, um grupo de pessoas que são sempre suspeitas, um crime que merece ser resolvido, uma vítima que reúne todos os motivos para que seja desejada morta e um criminoso que nos surpreende por ser quem é.

FONTE: POSTER SPY

Ora, juntando o seu toque de génio para criar tramas complexas numa narrativa fluída, é natural nutrir toda esta admiração pela Agatha. Eu, muito pessoalmente, quando a li pela primeira vez, fiquei fascinada! “Knives Out”, por seu turno, passou a integrar a minha to watch list por causa do poster, cuja atmosfera me remeteu a uma possível adaptação de uma das obras da Agatha, sem o ser na realidade. Quando me senti preparada para o explorar, a minha atenção perdurou até ao fim.

Este é daqueles policiais cuja a história está bem contada e rendilhada, direcionada num ritmo adequado e imersivo, enunciando os aspetos básicos do género, tais como o mistério, algum drama e a investigação. Para além disso, explora também questões relacionadas com a xenofobia, a arrogância e a presunção, reforçando a postura de pessoas de um mesmo sangue e que se acham no direito de herdar posses para as quais nunca trabalharam, negando a possibilidade dessa mesma herança poder vir a pertencer a alguém que, realmente, cuidou do dono original.

Trata-se de um suspense divertido: é engraçado observar como cada personagem lida com o seu luto, com os seus arrependimentos, sem os demonstrar de modo a que isso não as torne ainda mais suspeitas de um crime que poderão não ter cometido. A consequência de todo esse conjunto de evidências explícitas leva a de duvidemos da nossa intuição, pois, porque haveria a narrativa de nos entregar as soluções de uma vez só, sem nos desafiar a tirarmos as nossas próprias conclusões?

O curioso deste filme é que mesmo que o espectador conheça o assassino, o mistério passa por compreender porque é que um detetive privado foi contratado, tendo em conta que nada leva a que um suicídio se transforme num homicídio. Esta não é uma caça ao criminoso, nem às razões que o inspiraram a tal, para além dos que se nos parecem evidentes, mas sim a uma avaliação profunda à necessidade humana de rebaixar os que lhes são mais próximos do que imaginam! Sem dúvida que “Knives Out” merece ser enaltecido e explorado com todo o cuidado!

Já viram este filme? Ficaram curios@s? ♥

One thought on “BOX-OFFICE \\ “KNIVES OUT” (2019)

Deixar uma resposta