BLOG RELATED MEDITAÇÕES SOCIEDADE

Os Louros Partilhados como Estímulo de Ideias e Projetos

24 de Janeiro, 2021

Chá de hortelã aqui ao lado. Café no fogão. O aquecedor ligado e uma atmosfera que indica em que dia da semana estou: domingo, 24 de janeiro de 2020, dia de votações. Já lá fui e, do que tenho memória, foi a primeira vez em que levei menos de 5 minutos a preencher a folha de votos e a regressar para casa… Pelo menos, esta pandemia obrigou-nos a apurar um sentido que, sinceramente, espero que se perpetue: o da organização.

Claro que existem exceções pelo quotidiano adentro, contudo, creio que se tornou numa mais-valia em certas situações. Hoje, é daqueles dias em que se me assentou a vontade de escrever, embora não esteja certa dos assuntos a abordar. Poderia, sem dúvida alguma, sofrer pela falta de apontamentos, todavia, é o que mais tenho. Ora pelos cadernos que empilho na secretária, ora pelos blocos de notas digitais. Ideias, essas nunca me faltam!

Também não me posso queixar muito dos distúrbios da disciplina, visto que nos últimos dias, até me tenho organizado bem e colocado em prática projetos com os quais tenho crescido imenso.

O meu planner, como já te dei a conhecer no blogue, é um desses projetos! Ele tem-me dado imenso que pensar, sobretudo no requisito do mérito. Quero com isto dizer o seguinte: quantas ideias, na realidade, são nossas na íntegra? Não terão elas sempre origem em conversas casuais, conteúdos consumidos, músicas que deixamos como pano de fundo num cenário de descontração?

Sempre soube do que se tratava um planner. Por si só, ter decidido investir na criação de um não seria novidade para quem o utilizasse… Fui elucidada, apenas, quando uma amiga sugeriu-me torná-lo numa das minhas imagens de marca. Já muito antes, uma coach com quem troquei uns dedos de conversa, também aconselhou que eu perscrutasse em mim alguma temática que servisse enquanto âncora para um infoproduto…