Explore

PARIS

Sem categoria

PARIS E AÇORES CONSIDERAÇÕES FINAIS

26 de Setembro, 2018

No meu íntimo, seria impensável terminar as publicações acerca de Paris e de São Miguel da maneira que as terminei, sem qualquer tipo de reflexão mais profunda. Não que fosse necessário, mas achei por bem parar um pouco e refletir, após semanas, acerca dos aspetos que me mudaram com estas viagens. O que não passa despercebido a ninguém, mas principalmente a mim, é o facto de eu ter…

Sem categoria

PARIS CHÂTEAU DE CHAMPS-SUR-MARNE

12 de Setembro, 2018

Assim que trocámos olhares, logo identifiquei alguns traços do período clássico nos detalhes do Château de Champs-sur-Marne. Marcando presença no centro da cidade de Champs-sur-Marne, este palácio foi construído por Pierre Bullet e seu filho Jean-Baptiste Bullet de Chamblain, a pedido de Luís XIV, no século XVIII. A rodeá-lo, temos presente um jardim imponente e que, pelos passeios que por lá fiz, não parece ter fim. Com a…

Sem categoria

PARIS DE CAMINHO À TORRE EIFFEL

30 de Agosto, 2018

O dia em que fomos em busca da Torre Eiffel, foi o dia em que mais andei a pé. 8,2KM contam a história de sofrimento de cada um dos pés que partiram para esta aventura, não obstante a existência de certas situações menos boas, naquele dia. Dramas à parte, e apenas de um ponto de vista do passadiço que envolve e protege o rio Sena, lá fomos nós…

Sem categoria

PARIS DISNEYLAND PARK

22 de Agosto, 2018

Em miúda, sempre escutei o desejo de uma das minhas tias para nos levar à Disney. Nunca duvidei da sua palavra, apesar de sempre ter reconhecido de que não era assim tão barato visitar este parque e todos os detalhes que o tornam Num dos mais atrativos do mundo. O tempo foi passando, o sonho permaneceu no seu lugar e, sem nunca ter perdido as esperanças, surgiu-nos a…

Sem categoria

PARIS PELO RIO SENA FORA

19 de Agosto, 2018

Paris. Paris é uma cidade ampla, espaçosa, palco em serviço interminável de tudo quanto são elementos naturais, pessoas simpáticas – pelo menos, as que me calharam partilhavam desta característica! -, um odor único a natureza e uma luz inconfundível. Comentei com a minha prima que essa mesma reflexão era resultado das cores das fachadas francesas e que, em conjunto, criam uma história de tons creme, diálogos concisos e…