Sem categoria

BOX-OFFICE \ “US” (2019)

23 de Março, 2019
Não sei o que exprimir. Para dizer a verdade, estou demasiado tentada em procurar teorias pelos confins da internet, na tentativa de entender melhor o filme que aqui trago. Fui convidada por uma amiga para o assistir muitas semanas antes e, apologista da surpresa que posso colher por não saber  nada através de sinopses e trailers, entrei em parte às cegas na sala de cinema, mas com a certeza de que me deixaria aterrorizar, visto que com o acesso facilitado às redes sociais, dificilmente consigo cumprir com a minha regra de não conhecer o assunto de que se trata certo filme, livro, série, etc… Sentei-me no banco apenas sabendo de que “US” seria um filme de mistério, dirigido por Jordan Peele, o mesmo diretor do “Get Out”! 
FONTE: IMDB
Só sei descrever o quão bizarras foram as imagens que se seguiram após as luzes se apagarem, mescladas com uma banda sonora de nos fazer questionar acerca da nossa pior versão, enquanto espécie humana. Sou realmente sincera quando afirmo não saber o que expressar. Pela primeira vez, em muito tempo, sinto-me impotente no que toca a entender a profundidade de uma história, devido à sua complexa abordagem. Para muitos, poderá ser óbvio, no entanto, para mim, está a ser uma autêntica dor de cabeça. Percebi certas características e analogias, tais como a resistência que alimentamos em relação às nossas variantes, aos nossos medos e desejos. 
Captei, naquelas duas horas e pouco, que existe muito mais de nós do que queremos admitir ao mundo, conforme as nossas experiências, relações e teimosias. “US”, tal como foi o “Get Out”, com toda a certeza que tece uma crítica à sociedade e às diferenças que ela tanto faz por reforçar, no nosso dia-a-dia, não pela questão racial – uma abordagem que os distingue, sem sombra para dúvidas! -, mas por categorizar as mesmas pessoas como tipos divergentes, ao ponto de as fazer viver realidades diferentes. Por detrás deste meu entendimento, julgo poderem coexistir tantas outras teorias e é aqui onde me quero debruçar ainda mais, assim que este texto for publicado. 
“US” é  bem cozinhado no sarcasmo e no humor negro, bem trabalhado nas interpretações das personagens, bem executado no que se remete à montagem dos planos e, sem querer deixar pontas soltas, nos entrega cenas que, mais tarde, fazem sentido. O seu final é daqueles abertos e que dão espaço para muitas discussões, um aspeto que me faz apreciá-lo ainda mais! Como devem ter reparado, fiz questão de não descrever qual a sua trama principal, dado que é esse o ingrediente mistério que lhe confere um certo fascínio. Fica, então, nas vossas mãos, pesquisarem pelo trailer, ou na melhor das hipóteses, se concederem a uma ida ao cinema e assisti-lo, tal como ele merece. “US” é, sem espaço para debates, o tipo de filme que repetirei vezes sem conta, até me sentir satisfeita com a qualidade das minhas descobertas!
Já tiveram a oportunidade de ver o “US”? Ficaram curiosos? ♥
  • Reply
    Andreia Morais
    23 de Março, 2019 at 21:54

    Fiquei a conhecer este filme há uns dias. E fichei cheia de vontade de o ver. A premissa parece-me bastante desconcertante

  • Reply
    Mary
    24 de Março, 2019 at 13:59

    Estou mesmo muito curiosa com este filme, talvez o vá ver.
    Beijinhos

O que pensas sobre o assunto? Gostaria de ler a tua opinião! ♥

%d bloggers like this: