Sem categoria

BOX-OFFICE \ “DIÁRIO DA PRINCESA” (I&II)

6 de Março, 2019
Aos poucos, tenho-me aberto aos filmes de carácter romântico, mudando até a minha percepção sobre os seus efeitos na minha e na vida dos demais. Esta coisa de trabalhar o meu íntimo e de prestar atenção aos pequenos sinais que exalo tem o que se lhe diga. Dou por mim a descortinar o porquê das coisas e há muitas delas que têm começado a fazer imenso sentido para mim, pelo modo como se conectam entre si e me explicitam as razões de eu ter evitado consumir este tipo de conteúdo mais romântico, por muito tempo. Pelos vistos, estou numa fase de aceitação bastante positiva, daí estes dois filmes me terem permitido flutuar sem vergonhas. 
FONTE
Os clássicos “Diário da Princesa”, são o tipo de filme para se ver, enquanto confortáveis no sofá, com um cházinho entre mãos e as pipocas docinhas ao lado. Nunca li os livros que lhes deram origem, no entanto, isso não me demoveu de apreciar o ritmo da trama e aquilo que ela nos conta, juntando ao facto de os ter terminado de coração renovado, afinal, e exetuando as responsabilidades que nos são tão evidentes no mundo real, quem é que não gostaria de adormecer como uma pessoa normal e acordar uma princesa/príncipe, no sentido literal? 
Anne Hathaway foi a escolha mais acertada, pois, a sua personalidade exala a delicadeza, o humor e o talento certo para ter desempenhado a Mia, uma adolescente que todos ignoravam, mas que, devido à morte do seu pai, recebe uma visita da avó e descobre ser sucessora da família real de Génova. A partir daqui, vamos acompanhando esta tão adorável aventura e as suas peripécias, mas o que não falta para apimentar é a comédia, o drama e, claro está, o romance que é dos menos enjoativos possíveis. Com o passar dos minutos, torna-se impossível não nos identificarmos com algumas situações, não obstante as diferenças que nos separam de qualquer trama cinematográfica!
Contem-me: já viram estes filmes? ♥
  • Reply
    TheNotSoGirlyGirl
    6 de Março, 2019 at 9:43

    os filmes não tanto, mas os livros acompanharam-me durante a minha pré-adolescência. Adorei a saga! os filmes não estão tão bons, mas são ok.
    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    • Reply
      Carolayne T. Ramos
      7 de Março, 2019 at 22:52

      Talvez por teres a percepção dos livros, tenhas mais do que razões para não gostar tanto dos filmes!? compreendo perfeitamente! Quantas e quantas vezes não me desiludi com adaptações…. Agora fiquei curiosa para explorar os livros! ?

  • Reply
    Patrícia Lobo
    6 de Março, 2019 at 19:47

    Eu adoro estes dois filmes! Passo sempre um óptimo serão quando os apanho a dar na televisão ou os vejo por iniciativa própria. Fazem-nos sonhar *.*
    A Anne foi a escolha perfeita, sem dúvida, para o papel de Mia.
    Fiquei com vontade de os ver agora, ahah

    Beijinhos

    • Reply
      Carolayne T. Ramos
      7 de Março, 2019 at 22:53

      Aconteceu-me ligar a televisão e ver o segundo a passar. Tive mesmo de me (re)fazer à saga! ? Soube mesmo bem!!
      Eheh força nisso! ?

  • Reply
    Andreia Morais
    6 de Março, 2019 at 19:56

    Já perdi a conta à quantidade de vezes que vi os filmes (o AXN White costuma repetir com alguma regularidade), mas nunca resisto. Adoro! E também acho que a Anne Hathaway foi a escolha mais acertada 🙂

    • Reply
      Carolayne T. Ramos
      7 de Março, 2019 at 22:54

      São daqueles filmes aos quais é impossível resistir! Parece qoue foram mesmo elaborados com essa intenção! ? E sim, ela está maravilhosa!

  • Reply
    Margarida Póvoa
    7 de Março, 2019 at 14:38

    Mais do que o segundo, o primeiro filme esteve bastante presente na minha infância e adolescência. Sempre que passa na televisão, tenho de parar para ver porque é daqueles filmes que nos enche o coração e nos faz questionar a verdadeira identidade dos nossos pais!

O que pensas sobre o assunto? Gostaria de ler a tua opinião! ♥

%d bloggers like this: